19 de setembro de 2016

NOVE REGRAS A IGNORAR ANTES DE SE APAIXONAR, DE SARAH MACLEAN



Nove regras a ignorar antes de se apaixonar é um livro incrível. Sarah MacLean tem um jeito único de escrever que nos faz suspirar e gargalhar ao mesmo tempo. O livro trata da vida de Lady Calpurnia Hartwell, uma dama da sociedade que sempre foi um exemplo de conduta na Londres do século XIX. Mas apesar de sua prudência e educação impecável, Callie acaba se vendo largada à solteirice e ao canto dos salões de baile. Porém, reviravoltas surpreendentes aguardam nossa protagonista.  

Gabriel St. John, o Marquês de Ralston, é um libertino conhecido e o sonho de consumo” de Lady Calpurnia, mas nossa linda protagonista não crê que um dia esse sonho se torne realidade. Após ouvir uma conversa sussurrada entre sua irmã e o noivo dela, Callie percebe que sua imaculada reputação está totalmente acabando com suas aventuras na vida. Ela nunca fez nada que fosse se lembrar por toda vida, e é aí que a ideia de fazer uma lista aparece pra ela.  
1. Beijar alguém... apaixonadamente
2. Fumar charuto e beber uísque
3. Montar com as pernas abertas
4. Esgrimir
5. Assistir a um duelo
6. Disparar uma pistola
7. Jogar (em um clube para cavalheiros)
8. Dançar todas as danças de um baile
9. Ser considerada linda. Pelo menos uma vez.
Nossa querida e recentemente ousada Callie está decidida a realizar todos os itens de sua lista nada convencional. O problema é que as coisas não são tão fáceis de ser feitas na prática, mas a inesperada ajuda de Gabriel deixará as coisas mais divertidas e perigosas.  


O livro é extremamente gostoso de ler. Sarah tem um jeito único de criar uma protagonista que não damos nada no começo, mas que totalmente nos identificamos no fim. Callie cresce bastante no decorrer das páginas, sendo um amadurecimento totalmente real e nada forçado. Gabriel é o tipo de personagem que nós leitoras suspiramos de amor, e isso basta para nos estragar pros homens da vida real.

Os personagens secundários são maravilhosos, como os irmãos de Gabriel e a irmã de Callie. A história se passa em Londres - como a maioria dos livros de época - e o cenário já não é mais um mistério pra nós, porém continua encantador. Estou louca pra ler o próximo livro da trilogia de Sarah MacLean e espero que vocês também!

Título: Nove regras a ignorar antes de se Apaixonar. 
Título Original: Nine rules to break when romancing a Rake.
Autora: Sarah MacLean. 
Editora: Arqueiro (2016). 
Páginas: 384.

 



13 de setembro de 2016

PÓ DE LUA NAS NOITES EM CLARO, DE CLARICE FREIRE


Não é de hoje que Clarice Freire enquadra seu local nos livros preferidos na minha estante. Autora do blog "Pó de Lua" e de dois livros publicados pela Editora Intrínseca (2015 e 2016, esse último), a recifense rabisca sutileza e peculiaridade em seus versos - que demonstram criatividade, sentimento, poesia e muito amor pelo mundo das palavras.


Desenhos, jogos com palavras e muito talento fazem parte, também, da trama de "Pó de Lua nas noites em claro" - um livro estilo "moleskine" com pouco mais de 200 páginas de poesia, prosa (um diferencial desse livro) e reflexões indescritíveis que apenas a leitura pode gerar em nós.

"A cidade nunca entende a agonia de quem ama" estampa a contracapa do livro - que fala sobre os sentimentos que surgem no calar da noite. Horas viraram capítulos e parágrafos se transformaram em arte nas mãos da menina que vai desbravar a cidade silenciosa, esbarrar com pessoas e lembrar de sempre diminuir a gravidade das coisas.



A imersão na "noite" é fundamental para o leitor perceber as entrelinhas do trabalho de Clarice: que falam muito com o pouco. Mínimas palavras são necessárias para pensarmos sobre a vida, sobre o amor e sobre os sonhos e essa é, inegavelmente, a maior lição do trabalho da menina: gerar os sentimentos mais bonitos pra quem lê. E agora com a prosa, colocada no novo livro e trazida pra mais perto nas redes sociais, somos agraciados em observar uma nova forma, tão boa quanto, de mostrar esses sentimentos. 

Como disse, Clarice é um autora fenomenal que ganhou um lugar reservado na minha estante. Pela sutileza, pela peculiaridade, por fazer poesia e trazer o brilho das estrelas pra mais perto de nós. "Pó de Lua na Noites em Claro" só reitera, mais uma vez, o talento da nordestina que ganhou o Brasil com seus desenhos pensantes - contando com mais de 1 milhão de pessoas na sua página no facebook.

 

Para acompanhar o Pó de Lua: instagram - facebook - twitter - site da editora 

Título: Pó de Lua nas Noites em Claro.
Autora: Clarice Freire.
Editora: Intrínseca (2016).
Páginas: 208.



20 de junho de 2016

UM NOVO AMANHÃ, DE NORA ROBERTS

Os livros de Nora Roberts sempre me surpreendem positivamente. Não foi diferente com “Um Novo Amanhã”. Ela tem o poder de usar situações cotidianas de uma forma que prende qualquer leitor.  A história de Clare e Backett, com certeza, não é uma exceção.


Após perder seu marido na guerra, Clare retorna junto com seus dois filhos, e seu pequenino que ainda está na barriga, para sua querida cidade natal: Boonsboro. Buscando o conforto de seus pais e seus sogros, Clare reencontra a comunidade acolhedora que deixou para trás. Esse cenário amigável lhe permite recomeçar a vida, abrindo uma livraria e criando seus três filhos com tranquilidade.

Beckett Montgomery é um dos irmãos da conhecida família Montgomery. Junto com Owen e Ryder, ele começou uma completa reforma num antigo prédio da cidade de Boonsboro. O edifício é um marco na silhueta local, mas devido ao tempo e aos maus tratos, tornou-se uma ruína.  O projeto exige tempo e concentração, mas a eterna quedinha que Beckett alimenta por Clare, tornou-se inegável.



A partir daí, Nora consegue transformar acontecimentos cotidianos em uma romance de tirar o fôlego. Acho que esse é o maior trunfo da nossa autora, conseguir fazer uma vida como a de qualquer um de nós leitores, em um livro cheio de conteúdo.

A cidadezinha é um charme, o tipo de lugar que você moraria sem problemas. Conhecemos várias pessoas da comunidade e vemos como nossos protagonistas se inserem no dia-a-dia do lugar. Os personagens secundários: Avery e Hope, melhores amigas de Clare, e Ryder e Owen, irmãos de Beckett, são tacadas certeiras, deixando o livro incrivelmente divertido.



Os filhos de Clare são verdadeiros amores. Harry, Lian e Murphy são pontos altos do livro, incrivelmente fofos e inteligentes, enchem-nos de vontade de roubá-los para nós. Por fim, só posso dizer que estou ansiosa para ler o próximo volume, que conta a história de Owen Montgomery, cuja existência me deixou apaixonada. Super indico os livros de Nora Roberts, e esse, com certeza, deve ser mais um para entrar na sua lista.


Título: Um Novo Amanhã. 

Título Original: The Next Always.
Autora: Nora Roberts. 
Editora: Arqueiro (2016). 
Páginas: 320.


1 de maio de 2016

PARA TODOS OS GAROTOS QUE JÁ AMEI, DE JENNY HAN


Lara Jean guarda suas cartas de amor em uma caixa azul-petróleo que ganhou da mãe. Não são cartas que ela recebeu de alguém, mas que ela mesma escreveu. Uma para cada garoto que amou — cinco ao todo. São cartas sinceras, sem joguinhos nem fingimentos, repletas de coisas que Lara Jean não diria a ninguém, confissões de seus sentimentos mais profundos. Até que um dia essas cartas secretas são misteriosamente enviadas aos destinatários, e de uma hora para outra a vida amorosa de Lara Jean sai do papel e se transforma em algo que ela não pode mais controlar.
Lara Jean é uma adolescente tímida, sem muitos amigos e muito ligada à família que vive com seu pai e suas duas irmãs. Sua mãe morreu quando era mais nova, portanto, a irmã mais velha – Margot – assumiu o papel de pessoa responsável junto com o pai. Lara Jean é a filha do meio da família Song, e logo depois vem Kitty, a caçula e a que menos tem lembranças da mãe. Margot irá para a universidade na Escócia em poucos dias e toda a responsabilidade de casa que ela carregava nas costas, consequentemente, será transferida para Lara Jean. A presença de Margot era essencial, todos criaram uma certa dependência na garota, entretanto, sem ela tudo sofrerá transformações, e é a protagonista que terá de cuidar de todas essas coisas sem sequer estar ao menos preparada para lidar com o que nunca a preocupou.


Quando o inesperado acontece, tudo, surpreendentemente, fica ainda mais complicado. Ela, que sempre escreveu cartas destinadas aos garotos que já amou, guardava todos os escritos em uma caixa especial, até que, um dia, todas desaparecem. E pior: vão parar nas mãos dos respectivos destinatários, o que causa uma confusão ainda maior, tanto pra Lara Jean, que precisará driblar tudo isso; quanto para os garotos, os quais, confusos e até raivosos, a procuram para compreender o que está acontecendo.


A escrita da autora é tão leve que parece uma conversa entre a protagonista e o leitor, tornando a leitura rápida e envolvente. A ordem dos acontecimentos também foi bem planejada, trazendo temas à tona com os quais podemos nos identificar a qualquer momento. Não se trata apenas de romance adolescente ou dos dramas amorosos vividos nesse período, mas ao mesmo tempo nos deparamos com assuntos como família, que também é um dos pontos principais do livro. O relacionamento familiar, as amizades e os amores fazem parte desse grande pacote, assim como os próprios medos e inseguranças de Lara Jean, tão comuns em todos que passam por essa fase ou até já saíram dela.
"Não quero mais ter medo. Quero ser corajosa. Quero... que a vida comece a acontecer."
Eu, particularmente, gosto muito de ver a evolução das personagens nos livros, e neste caso podemos acompanhar o modo como Lara Jean precisa se adaptar, amadurecer, lidar com tudo. Muitas coisas mudam e ela precisa acompanhar. No entanto, as mudanças também trazem acontecimentos bons e inesperados, surpresas com pessoas de quem ela jamais imaginaria. Para um dia leve e tranquilo — porque a vida precisa de dias assim — sugiro uma leitura relaxante e amável, e é isso que Jenny Han oferece em Para todos os garotos que já amei.

O próximo livro, P.S.: Ainda amo você, já foi lançado pela Editora Intrínseca:


Título: Para todos os garotos que já amei
Título original: To all the boys I've loved before
Autora: Jenny Han
Editora: Intrínseca (2015)
Páginas: 316

28 de março de 2016

INSIDE LOOK: O DIÁRIO DE ANNE FRANK


 Independentemente da edição, O Diário de Anne Frank é emocionante e um dos meus livros favoritos. A história dessa garota judia que vivenciou a Segunda Guerra Mundial já se encontra em diversas edições ao redor do mundo, e esta da Editora Record me deixou completamente apaixonada. Tudo nela é perfeito, desde a capa até todo o cuidado com a diagramação, fotos e até escritos originais do diário na letra de Anne. Vamos dar uma olhada por dentro deste belo livro? <3








Título: O Diário de Anne Frank
Título original: Her Achterhuis — Dagboekbrieven 
Autora: Anne Frank
Editora: Record
Páginas: 414  

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | MODIFICAÇÕES POR ITALO HENRIQUE E CÁSSIA VICENTIN | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo